Moda

Paris Fashion Week Fall 18: Os Destaques da Temporada

março 07, 2018 Por Ju Schmidt

Ontem (6) foi o último dia da Semana de Moda de Paris e depois de muitos desfiles com referências as décadas de 60 e 70 e inspirações poéticas como o romantismo e as flores, a Chanel fechou a temporada de moda internacional com um desfile memorável. Entre os principais destaques da PFW a força feminina mais uma vez foi pauta, assim como o caminhar discreto de marcas como a Miu Miu por uma moda mais democrática.

Confira os destaques da semana de moda de Paris:

CHANEL

Inspirado pelo Outono, desta vez, Karl Lagerfeld transformou o Grand Palais em uma floresta e criou uma ambientação com vários tons terrosos graças a cor das folhas caídas no chão. Repetindo algumas tendências vistas nas principais semanas de moda internacionais, a Chanel levou para a passarela shapes oversized, o metalizado e os materiais acolchoados de jaquetas volumosas. Neste desfile as cores fluorescentes voltaram a aparecer, mas sempre combinados com preto e em detalhes como as luvas em pink, azul e laranja. As folhas que forraram o chão também estamparam diversas peças da coleção.

DIOR

Inspirada pela revolução que tomou Paris em maio de 1968, com greves, manifestações e ocupações de fábricas e universidades cheias de ideais esquerdistas, comunistas ou até anarquistas, a Dior manteve sua essência feminista viva, reivindicando direitos iguais entre os gêneros e a liberação feminina.

Com um desfile aberto pela modelo Ruth Bell em um tricô com os dizeres “a resposta é não, não, não e não!”, Maria Grazia Chiuri misturou as referências urbanas do street style e o clima hippie dos anos 70 com texturas artesanais como patchworks, bordados e macramês. Também com um pezinho na lua, Chiuri se inspirou na corrida espacial e trouxe o prateado em equilíbrio com a moda setentista para a passarela.

BALMAIN

Também retomando as tendências das demais semanas de moda, a Balmain apostou no futurismo em sua última coleção. Mesclando peças super modernas e um visual oitentista Olivier Rousteing apresentou uma coleção bem característica, com formas dramáticas, muito brilho e modelagem sexy. Ombros marcados e jeans detonados conviviam em harmonia com muito brilho e texturas plastificadas.

VALENTINO

Pierpaolo Piccioli é um dos nomes mais influentes da PFW atualmente, sua Valentino veio nesta temporada inspirada pela delicadeza das flores em clima super romântico, para isso, apostou nos looks monocromáticos, com uma cartela de cores composta predominantemente pelo P&B com pinceladas de tons de verde, mostarda, azul, rosa e vermelho. Com referências a década de 60 a marca levou para a passarela linhas retas, silhuetas soltas e vestidos amplos.

MIU MIU

Pensando em uma moda mais versátil Miuccia Prada trouxe para a passarela uma Miu Miu mais próxima de suas clientes. “É diferente de antes, acho que estou pensando moda não apenas como uma fantasia minha, mas estou discutindo-a e deixando-a disponível pra outras pessoas” disse a designer. Falando em novas possibilidades a marca levou a atriz Elle Fanning para abrir e fechar o desfile, ela que já era garota propaganda da marca, representou essa mudança. Criando uma aparência de adolescente perigosas com óculos gatinho, vestidos supercurtos e padrões como o xadrez e o poá a Miu Miu criou um novo street, jovem e poderoso.

Veja também esses posts relacionados:

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

Translate »