Moda

Os Novos Rumos da Alta-Costura Parisiense: Passado e Futuro na Passarela

julho 24, 2018 Por Ju Schmidt

No começo de julho Paris recebeu sua famosa semana de alta-costura, a temporada outono/inverno 2018/2019 durou duas semanas, de 1 a 12 de julho, e trouxe diversas novidades de estruturas tecnológicas à manifestações pertinentes.

GIVENCHY

Clare Waight Keller é um nome em alta no mundo da moda, a designer fez um elogiado desfile de alta-costura na temporada passada e ganhou ainda mais destaque ao criar o vestido de noiva de Meghan Markle, o mais falado do ano.

Nesta temporada, Keller repetiu o feito e após a morte de Hubert de Givenchy em março, criou uma coleção em homenagem ao estilista.

Apresentando um desfile atemporal e elegante, a Givenchy levou para a passarela uma Audrey Hepburn moderna, mais sexy e um pouco mais ousada, mas que retoma a essência do criador da marca.

CHANEL

Nesta temporada a Chanel assina uma declaração de amor a Paris. Com um cenário propício, uma passarela que recria uma rua parisiense com a silhueta da Académie Française ao fundo e barraquinhas de venda de usados as margem do Sena, a maison apostou em mangas bufantes, fendas reveladoras, ombros bem marcados, saias longas retas, topetão e botinha. A personificação da francesa contemporânea de Karl Lagerfeld.

Mas o fato mais marcante do desfile, foi a presença da sudanesa Adut Akech Bior, ou só Adut Akech, no casting do desfile. Ela que é uma estrela em ascensão, fechou o desfile vestida de noiva, sendo que a única modelo negra a ocupar esse posto de noiva da Chanel antes foi Alek Wek em 2004.

VALENTINO

O desfile mais inspirador da semana de alta-costura foi o da Valentino. Com Pierpaolo Piccioli buscando suas referências na mitologia grega, em filmes do cineasta Pier Paolo Pasolini (vide Maria Callas no papel principal de “Medeia” de Pasolini de 1969), nas pinturas dos séculos 17 e 18, nas fotos de Deborah Turbeville (fotógrafa de moda americana do século 20), na armadura medieval e no glam rock de Ziggy Stardust era de se esperar um desfile ousado e glamouroso.

Conceitual as apostas da Valentino, foram as cores fortes, o oversize (que apareceu até nos cabelos assinados por Guido Palau) e volumes com babados gigantes, tudo over!

JEAN PAUL GAULTIER

Jean Paul Gaultier encontrou no smoking a peça agênero que procurava, a peça de alfaiataria surgiu desconstruída nos mais diversos materiais de pele, cetim e paetê a plumas.

Entre babados e acessórios dramáticos o desfile caminhou para uma espécie de manifesto na passarela e além de trocadilhos divertidos como piadas de “no smoking” (em português: não fume) contou com um momento militante, quando no fim do desfile, Gaultier deixa sua mensagem por liberdade aos mamilos, com a frase “free the niple” em estruturas transparentes vestidas por um casal de modelos.

GUO PEI

A chinesa Guo Pei é conhecida por suas estruturas incríveis e por sua alta-costura de esculturas vestíveis. Nesse outono-inverno 2018/19, a inspiração vem da arquitetura gótica, que mais uma vez lembra Paris e sua Catedral de Notre-Dame. A estética retoma o conceito do sagrado em alta após o baile do MET desse ano.

As formas da construções góticas que combinam arcos curvos e linhas retas precisas, formam as estruturas das peças da coleção, que conta com decotes de formato ogival, saias que parecem grandes cúpulas e bordados e aplicações que lembram os complexos vitrais.

ARMANI PRIVÉ

Dando aula no quesito alta-costura a Armani Privé de Giorgio Armani levou para a passarela o que há de mais tradicional e luxuoso. Com acabamentos impecáveis o desfile foi do glamour da alfaiataria aos maravilhosos vestidos de festa tendo como referências históricas o período dos anos 20 aos 80.

O desfile que começa remetendo ao passado em tons cinza e sépia vai ganhando nuances de pink e turquesa em uma conexão com  às novas clientes millennials, até se encerrar em um maximalismo luxuoso de plumas, paetês e brilhos.

Veja também esses posts relacionados:

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

2 Comentários

  • Ju Schmidt, thanks for the article post.Really thank you! Great.

  • Translate »