Moda

New York Fashion Week: Diversidade é Tendência da Temporada

setembro 24, 2018 Por Ju Schmidt

New York Fashion Week (que aconteceu entre os dias 6 e 14 de setembro) abriu a temporada levando para a passarela diversidade de casting e novos rumos para marcas já consolidadas no mercado.

Entre etnias, tipos de corpos, opção sexual e idade esta temporada foi a mais diversificada e inclusiva da NYFW, finalmente as marcas parecem estar percebendo a necessidade do consumidor de se enxergar e se sentir representado nas passarelas.

Entre tradição e inovação, todos concordam que é tempo de mudar e rever velhos conceitos.

Confira as coleções mais marcantes da semana de moda nova-iorquina:

SAVAGE X FENTY

O destaque máximo dessa NYFW vai para Rihanna que depois de criar em sua linha de maquiagem, a Fenty Beauty, uma base com 40 tonalidades diferentes, decidiu expandir o conceito de diversidade e representatividade para a passarela.

Logo no lançamento de sua coleção de lingeries a Savage X Fenty, a cantora deu uma lição na Victoria’s Secret e selecionou um casting diversificado e realista, onde era possível ver todos os tipos de corpo, cor, estilo, altura, indo da grávida a magrinha, incluindo também a plus size e a baixinha, todas lindas a sua própria maneira.

Com a natureza e a realidade em foco foi fácil apreciar as criações e propostas de Rihanna, teve mesmo para todos os gostos.

CAROLINA HERRERA

No primeiro desfile da marca sem sua criadora, Wes Gordon levou para a passarela as peças atemporais da marca como camisas e saias mídi, mas adicionou um toque contemporâneo e feminino. Misturando conforto e beleza, Wes explorou volumes inusitados em babados e peças estruturadas dando a esta coleção um ar boêmio e chic.

CALVIN KLEIN

Ainda seguindo a onda pop adorada por Raf Simons a Calvin Klein levou para a passarela uma coleção inspirada pelo clássico de Steven Spielberg: “Tubarão“, ou “Jaws” em inglês, lançado em 1975. Ainda na pegada da alfaiataria oversized, a coleção primavera-verão 2019 contou ainda com materiais emborrachados, que lembram as roupas dos mergulhadores, tricôs volumosos e animal print.

Para quem achavam que Simons pararia por ai, ele se inspirou também no filme “A Primeira Noite de um Homem” e adicionou a beca como capa por cima do look e o capelo de formatura. Mistura inesperada que promete ser sucesso de vendas.

 

RALPH LAUREN

Em comemoração aos 50 anos da marca a Ralph Lauren fez uma retrospectiva épica na NYFW. Desfilada em pleno Central Park a coleção contou com mais de 100 looks e retomou os best sellers da marca incluindo as peças de veludo, os vestidos e saias com patchwork estampado, as alfaiatarias, com padronagens em xadrez, e o jeanswear.

Com um casting estrelado que incluía nomes como Gigi Hadid, Kaia Gerber, Adut Akech, a marca buscou na diferença de idade dos modelos sua diversidade, indo de crianças a idosos e construindo uma verdadeira família Ralph Lauren.

OPENING CEREMONY

A sempre diferentona Opening Ceremony fez seu desfile no porão da (Le) Poisson Rouge em NY e selecionou um casting exclusivamente LGBTQIA+, selecionado pela vencedora da nona temporada de “RuPaul’s Drag Race“, Sasha Velour (que nunca havia sido chamada pra participar de um desfile), junto com a dupla que assina a marca, Humberto Leone Carol Lim.

Em meio a performances incríveis, looks inspirados nas viagens de Leon e Lim, com estampas com as cabeças da Ilha de Páscoa, detalhes lúdicos, vestidos florais esvoaçantes, cores vibrantes (incluindo o neon), padronagens xadrez e uma surpreendente seção all black.

Veja também esses posts relacionados:

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

1 Comentário

  • lorena
    26 set 2018

    Jenner voltou às passarelas com tudo durante essa Semana de Moda de Milão. Já tendo desfilado para a grife Alberta Ferreti no último dia 19, Jenner mostrou que domina as passarelas, desfilando para a Fendi na quinta-feira, 20 de setembro.

  • Translate »