Moda

Moda Manifesto: Roupas Com Conteúdo

março 26, 2018 Por Ju Schmidt

Desde que a Dior de Maria Grazia Chiuri decidiu levar para a passarela peças de roupas com frases feministas o mundo da moda parece ter encontrado uma nova forma de expressar suas opiniões e de transmitir críticas políticas e culturais para as mídias.

MANIFESTO EM TEMPO REAL

Depois do massacre no colégio de Parkland, na Flórida, que aconteceu em 14 de fevereiro, iniciou-se uma campanha de forte mobilização nos Estados Unidos, que culminou no protesto March For Our Lives, que reuniu milhares de jovens em Washington no último sábado (24) reivindicando um maior controle na venda de armas de fogo nos Estados Unidos.

Com o Kids Choice Awards, premiação do canal Nickelodeon direcionada ao público infantil, acontecendo no mesmo dia do protesto, a atriz de Stranger Things, Millie Bobby Brown, encontrou sua própria forma de demonstrar apoio ao movimento.

Millie usou uma jaqueta de couro da Calvin Kein customizada com os dizeres “Never again”na frente. Nas costas, a roupa da atriz trazia os nomes das vítimas do ataque no colégio.

Depois da premiação, Millie mostrou a peça em uma postagem no Instagram e comentou: “Obrigada a todos os fãs que votaram em mim e em Stranger Things no Nickelodeon Kids Choice Awards hoje. Também agradeço muito aos meus amigos da Calvin Klein, por serem defensores de causas importantes e esforços para gerar positividade neste mundo”.

Ver uma atriz tão jovem se posicionando dessa forma deu ainda mais vida a uma tendência que vem aparecendo cada vez mais no mundo da moda, a das roupas manifesto, peças que expressam através de frases opiniões importantes.

TIME’S UP

Desde que o movimento Time’s Up, que luta pelo fim dos assédios e abusos sexuais que permeiam a indústria do entretenimento, levou várias atrizes a vestirem preto no Golden Globes em janeiro, essa “moda manifesto” ganhou novos ares e várias adeptas.

Durante o Grammy Awards deste ano, por exemplo, a principal premiação da música norte-americana, a maioria das mulheres convidadas usaram uma rosa branca em seus vestidos como forma de apoio ao movimento Time’s Up.

MANIFESTO VINTAGE

A cantora neozelandesa Lorde, porém, encontrou uma outra forma de aderir ao protesto: costurou um manifesto feito pela poeta Jenny Holzer no final da década de 1970 nas costas de seu vestido. “Minha versão da rosa branca — o apocalipse vai florescer — um trecho da minha favorita, Jenny Holzer”, escreveu a cantora no Instagram mostrando o detalhe.

O manifesto faz parte de uma série que Holzer fez, em forma de panfletos, e colocou pela cidade de Nova York entre 1979 e 1982, todos com alto teor político, os textos fazem uma crítica ao status quo da sociedade norte-americana.

Lorde usou uma versão mais curta dos escritos de Holzer na parte de trás de seu vestido: “Rejoice! Our Times are intolerable. Take courage, for the worst is a harbinger of the best. Only dire circumstance can precipitate the overthrow of oppressors. The old and corrupt must be laid to waste before the just can triumph. Contradiction will be heightened. The reckoning will be hastened by the staging of seed disturbances. The apocalypse will blossom.”

(Algo como: “Regozijai-vos! Nosso tempo é intolerável. Tenha coragem, pois o pior é um presságio de algo melhor. Apenas uma circunstância terrível pode precipitar a queda dos opressores. O antigo e o corrupto devem ser destruídos antes que o justo possa triunfar. A contradição será cada vez maior. O apocalipse florescerá”).

MODA MANIFESTO

Além de Lorde e Millie Bobby Brown atrizes como Natalie Portman, Jennifer Lawrence e Emma Watson também aderiram a tendência, esta última, aproveitou o último dia Internacional da Mulher para publicar em sua conta no Instagram uma foto sua usando uma jaqueta em que se lê a frase “Girl just wanna have fundamental human rights”, frase que, em tradução livre, significa “Garotas só querem ter direitos humanos fundamentais”.

Em um mundo que precisa encarecidamente de opiniões e posicionamentos femininos relevantes é incrível ver o quanto a moda vem funcionando como plataforma difusora de manifestos e críticas com conteúdo.

Veja também esses posts relacionados:

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

Translate »