Moda

London Fashion Week: Temporada de Engajamento Político

março 07, 2019 Por Ju Schmidt

A Semana de Moda de Londres (de 15 a 19 de fevereiro) levou para as passarelas as principais tendências para o outono/inverno 2019 e com a temporada de frio se aproximado nada melhor do que ficar de olho nas trends que rolaram por lá.

Com decisões políticas incertas pairando sobre Londres e uma preocupação com o efeito que o Brexit pode causar na moda, a London Fashion Week investiu numa perspectiva internacional nesta temporada com estilistas de 35 países, incluindo Turquia, Estônia, Coréia e Taiwan.

BURBERRY

Fazendo uso de uma metáfora, Riccardo Tisci levou para a passarela de seu segundo desfile como diretor criativo da Burberry, estruturas metálicas, como muros, que pessoas de diferentes etnias tentavam escalar. Uma crítica social ao nacionalismo britânico e à crise migratória pelo mundo.

O tradicional xadrez da marca estava presente, mas ficou mais interessante em retalhos e combinado a cores vivas. Outra trend do inverno da Burberry foi o veludo, o material apareceu no decote do slip dress e da blusas ombro a ombro.

CHRISTOPHER KANE

Christopher Kane apresentou uma coleção com muito brilho, graças as aplicações de strass, tanto no decote quanto nas mangas e nos bolsos das roupas criando um visual glamouroso e de ares vintage. Kane explora as “obsessões humanas” enfeitando camisetas e vestidos com estampas de globos e luvas de látex, em uma suposta referência aos fetiches que estes objetos podem despertar.

Um guarda-roupa mais experimental pensado para a mulher que gosta da noite. Entre os looks vestidos com tops curtos, realçados com um toque de renda e pequenos bolsos transparentes com líquidos coloridos.


VICTORIA BECKHAM

Já faz um tempo que Victoria Beckham é a queridinha da LFW, com um dos desfiles mais aguardados ela levou para a passarela um visual clean e chique com direito a mix de cores e estampas. Com peças clássicas, a aposta para o desfile foram as camisas, blazers e pullovers, tudo reinventado. Entre as cores o contraste de vermelho e caqui rendeu looks incríveis. Vale conferir também as lindas botas usadas no desfile.

VIVIENNE WESTWOOD

Mais uma veterana da Semana de Moda de Londres Vivienne Westwood retornou às passarelas após ter feito apresentações digitais nas duas últimas temporadas.

Engajada em questões como o aquecimento global, o consumismo desenfreado e o ativismo político é natural que esses temas tenham sido pontos de partida para sua coleção. Com peças com frases e ativistas na passarela a estilista protestou em plena passarela. Viva o punk e viva a revolução!

HALPERN

A brilhante Halpern veio bem colorida para a temporada, com peças em degradê de tons. A opulência do movimento Art Deco e do renomado ilustrador Erté foi uma das referências do desfile. Os cristais Swarovski foram montados em tiras transparentes de tule, dando a ilusão de cristais flutuando ao redor do pescoço.

Halpern comentou: “Nós queríamos usar o cristal de uma forma diferente do que já tínhamos feito. Ao invés de bordado nas roupas, nós queríamos ter o cristal funcionando como um bloco de luz – não tem outro material além dos cristais Swarovski que pode ser usado para isso”.

Veja também esses posts relacionados:

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

Translate »