Moda

A Despedida de Christopher Bailey da Burberry

março 02, 2018 Por Ju Schmidt

Após 17 anos como diretor criativo da Burberry, Christopher Bailey se despediu do posto com uma homenagem à juventude LGBTQ+ na Semana de Moda de Londres.

Responsável pela transformação de grife tradicional a marca desejo com ares de prêt-à-porter, Bailey atualizou os códigos e peças icônicas da Burberry.

LONDON FASHION WEEK

Em sua coleção final, Bailey homenageou seus próprios hits, trabalhando com várias versões do trench coat e trazendo de volta seus famosos cobertores usados nos ombros que foram hit no inverno 2015.

O xadrez clássico da grife ganhou listras coloridas em prol da causa LGBTQ+, e o arco- íris coloriu a passarela e diversas peças da coleção.

Em uma coleção bastante pessoal o designer revisitou seu passado e fez uma revisão honesta e simbólica de seu primeiro despertar para a moda.

As modelos Adwoa Aboah e Cara Delevingne que marcaram sua trajetória na Burberry abriram e fecharam o desfile, respectivamente.

Assista ao desfile completo, que foi transmitido ao vivo pelo canal no Youtube da marca:

“Nós temos uma plataforma incrível para dizer que temos que ter um mundo unido, sem barreiras, sem muros, em que respeitamos e admiramos os outros, com relações sendo construídas a partir do desejo de aprender em vez de estar fechado”, disse o designer ao portal WWD. “Sempre foi meu desejo, quando eu entrei na empresa, fazer mais do que moda. Queria algo com mais significado. Como uma grande companhia, nós temos uma responsabilidade de dar algo de volta à comunidade”.

Bailey fica na Burberry até o fim de março e disse ainda não ter planos para o futuro, estando aberto a possibilidades tanto em outra marca de luxo quanto em algo menor, mais artesanal.

O NOVO DIRETOR CRIATIVO

Seu substituto foi anunciado ontem (1), o italiano Riccardo Tisci será o novo diretor criativo da grife. Ele que esteve à frente da Givenchy por 12 anos, apresenta sua primeira coleção à frente da marca inglesa em setembro.

Em entrevista, Tisci anunciou que está “honrado” de ingressar na Burberry.

“Eu tenho um enorme respeito pela herança britânica da Burberry e seu apelo global e estou entusiasmado em relação ao potencial desta marca excepcional”, afirmou.

Depois de um adeus memorável, só nos resta aguardar pelas surpresas que essa mistura inusitada reserva para o futuro da marca britânica.

Veja também esses posts relacionados:

Comente com o Facebook

Deixe seu comentário

Translate »