Categoria: Moda

Moda

FAST FASHION: RIVER ISLAND

agosto 22, 2014 Por Camile Arndt

Oiii pessoas!!!

Continuando a falar das minhas lojas preferidas da terra da rainha, a River Island com certeza é uma das melhores fast fashion. Não se encaixa no quesito super mega barato, mas tem peças ótimas com bons preços para homens, mulheres e os teenagers.

A River Island tem mais de 60 anos de mercado, com quase 300 lojas espalhadas pelo Reino Unido, Irlanda e em outros lugares da Europa e Ásia. E a ideia da marca é sempre trazer o melhor do design e da moda com preços justos. Como toda fast fashion, algumas cópias idênticas das grandes marcas, masssss… nem tudo é perfeito né? A decoração das lojas são belíssimas, sempre inovando e criando um ambiente propício para as compras.

o-vestido-da-rainha-river-island

E para quem gosta da rede de afiliados, eles disponibilizam essa opção!

A marca oferece ainda acessórios, bolsas e calçados, que são um encanto a mais. E recentemente lançou uma coleção assinada por ninguem menos que Rihanna, já viu a febre que virou né?

Por aqui o verão já está terminando, então é agora a época de se esbaldar nas mega sales (promoções), e nas próximas semanas as novas coleções já estarão nas prateleiras e cabides.


o-vestido-da-rainha-river-island2

o-vestido-da-rainha-river-island3

Beijos.. Fui!!!

Moda

PRIMARK: A QUERIDINHA DA MODA

agosto 16, 2014 Por Camile Arndt

Olá pessoas!!!!

A dica de loja de hoje com certeza vai gerar alguns debates acirrados e questionamentos sobre o assunto. É justamente isso que quero provocar em vocês, pensar sobre o que usamos, compramos e que mundo há por trás disso.

A Primark é uma rede de lojas irlandesa, com donos britânicos. A primeira loja foi aberta em Dublin em 1969 e não parou mais de crescer. Hoje são mais de 250 lojas espalhadas pela Europa. As lojas são gigantes, de vários andares e com milhares de peças a preços absurdamente baratos a disposição!

Para terem uma noção do que é a Primark, pensa juntar Riachuelo, Renner e C&A juntas, com os preços no mínimo 70% mais barato!!! Entenderam porque ela é tão queiridinha? Óculos de sol, meias, acessórios, camisetas, vestidos, calçados e o que mais precisar num guarda-roupa por £1, £3, £5. É muito barato.

Mas aí vem as questões: Como eles conseguem produzir fast fashion com qualidade (as peças são melhores do que as do Brasil) com preço tão baixo? Onde vai parar todo esse consumismo? Para onde vão todas as peças? Na Primark você pode tranquilamente trocar seu guarda-roupa todo mês!!!!!

o-vestido-da-rainha-primark1

Recentemente foram encontradas algumas etiquetas em bolsos de peças da Primark pedindo ajuda de funcionários que trabalham exaustivamente e com uma remuneração quase nula.

Mas daí eu me pergunto, claro que é praticamente impossível produzir um óculos de sol por £1 (R$3.70). Mas compramos igual! A mesma situação quando compramos um eletrônico por menos da metade do preço, não tem como… ou é roubado, ou estragado. Algo de errado tem! Mas nós pensamos nisso quando compramos?

o-vestido-da-rainha-primark2

É preciso ter consciência!!! O que compramos, quanto pagamos, o que há por trás das marcas e principalmente como esse produto será descartado na natureza no futuro (nem tão futuro assim)!

Beijoss!! Fuii!!!

Dicas de Londres, Moda, Turismo, Variedades

SUPERMERCADOS EM LONDRES

agosto 16, 2014 Por Camile Arndt

Oii Pessoas!!!!
Não estou falando das feiras e mercados abertos, mas sim dos supermercados! Quando cheguei em Londres, essa era uma diversão garantida para mim. Ver os produtos que os ingleses consumiam, marcas, embalagens! E a quantidade absurda de cereais matinais? E de chás?
Nos mercados você consegue ter uma familiarização dos costumes e dos hábitos londrinos. Tem as redes de supermercados, espalhadas por toda a cidade, desde o mais baratinho até o “posh”: Aldi, Lidl, Co-operative, Iceland, Tesco, Asda, Saisnbury, Marks & Spencer e Waitrose. De acordo com o seu bolso e o que você cozinha, tem o supermercado certo pra ti.

Abaixo um release de algumas redes do site “curtindolondres”:

A rede Marks&Spencer é uma rede que vende de “comidas de luxo” à roupas. É considerado o mercado mais caro do Reino Unido e quando você entra, pensa: quero fazer minhas compras sempre aqui. Muita organização e as embalagens são maravilhosas.
O Waitrose é concorrente direto da Marks&Spencer, quando você entra na loja percebe a seleção de produtos, a boa aparência na disposição dos mesmos e os preços são levemente inferiores ao seu concorrente.
O Tesco é a terceira maior rede de varejo do mundo (atrás somente da Wal-Mart e do Carrefour), então você consegue ter uma ideia de como ela é grande e que seus preços são bem competitivos. E agora em algumas lojas da rede, tem uma sessão especial de produtos brasileiros.
O Sainsbury’s é a terceira maior cadeia de supermercados do Reino Unido, concorrente do Tesco. O preço é bom e tudo que necessito encontro por lá.
Por último o Iceland, que é uma rede focada em produtos congelados. O preço dos pratos congelados é muito bom e a qualidade não deixa a desejar, mas é um mercado que você encontra pouca variedade, então acaba sendo uma opção apenas quando bate a preguiça de cozinhar.

o-vestido-da-rainha-supermarket

O que essas redes tem em comum é que todas possuem produtos de marca própria, quando você chega na gôndola e compara o preço, sai com o produto deles em mão. Daí você torce o nariz e me pergunta: são de boa qualidade? A qualidade desses produtos é ótima, até agora não comprei nada que me decepcionou, ou seja, abuse da marca própria e seu dinheiro vai render mais.

Beijosss!!! Fui!!!

Dicas de Londres, Moda

TOP 5: OS LOOKS MAIS USADOS NAS RUAS DE LONDRES

agosto 13, 2014 Por Camile Arndt

Oiii pessoas!!!!

Quero mostrar hoje para vocês o que as londrinas mais usam. Mesmo sendo uma cidade com um mix de pessoas, estilos e nacionalidades, algumas peças se tornaram “obrigatórios” para as moradoras de Londres.

Meia-calça e Sapatilha pretas

Já falei aqui em um post anterior. Essas duas peças juntas são praticamente um uniforme aqui, o equivalente no Brasil ao jeans e camiseta branca. Pode ser verão ou inverno (sempre fio 60 pra cima), chovendo ou com um sol lindo, você sempre vai ver alguma mulher vestida assim. E sabe que até já aderi? É super prático e confortável.

o-vestido-da-rainha-top-5-1

 Calça Dobrada

Esse look vale tanto para homens como para mulheres. Por aqui, as pessoas querem sempre dar uma modernizada na roupa ou no estilo, então usar somente uma calça não tem graça. Eles dobram as barras, sempre! Seja frio ou calor as calças são dobradas. No verão até vai né? Mas pensa quando está nevando, a canela deve trincar de frio.

o-vestido-da-rainha-top-5-3

o-vestido-da-rainha-top-5-2

Chapéu

Adoro!!! Acho super chic, elegante, feminino! E as londrinas também gostam muito, seja chapéu ou os headpieces (aqueles chapeuzinhos de lado).

Caso você seja convidado (a) para algum evento externo, sem dúvida use um chapéu, já os headpieces podem ser usados também dentro dos ambientes! (lembram do casamento da Kate e do William? Vários headpieces!!!)

o-vestido-da-rainha-top-5-4

Saia Midi

As saias midi, que estão super em alta em todos os cantos, já fazem sucesso aqui a um bom tempo. As britânicas gostam muito de expressar sua feminilidade, saias e vestidos são muito mais usados do que as tradicionais calças jeans. E como a maioria anda de transporte público, elas colocam tênis até chegar no trabalho e depois trocam por um belo salto alto.

o-vestido-da-rainha-top-5-6

o-vestido-da-rainha-top-5-5

Cachecol

Cachecóis, echarpes ou qualquer outro acessório para enfeitar e aquecer o pescoço é muito bem vindo por aqui. Como o clima muda de uma hora para outra, os cachecóis não servem somente como detalhes, mas também como uma ótima utilidade. Além de ter várias opções de cores, estampas e valores, é possível mudar todo o visual com ele.

o-vestido-da-rainha-top-5-7

Quando escrevi esse post me dei conta de como já estou com a personalidade inglesa…

Beijos!! Fui!!!

Moda

O VESTIDO DA NOIVA – KATE MIDDLETON

agosto 09, 2014 Por Camile Arndt

Oiii pessoas!!!

Um dos mais aguardados e comentados dos últimos tempos foi o vestido de noiva da futura esposa do Príncipe Willian.

o-vestido-da-rainha-kate-middleton

E quando ele surgiu, no dia 29 de abril de 2011, encantou e superou as expectativas. Lindíssimo, delicado e elegante, digno de uma princesa. O mundo parou para assistir a um belíssimo casamento, na Abadia de Westminster, com toda pompa que é de costume da realeza britânica.

O traje foi desenvolvido  por Sarah Burton, diretora criativa de Alexander McQueen, composto de um espartilho coberto por renda, que foi todo bordado a mão pela Escola Real de Costura, uma saia longa com cauda e um véu curto. Rendas inglesas e francesas foram usadas e todo o tecido foi fornecido por empresas britânicas.

o-vestido-da-rainha-kate-middleton1

O vestido de noiva conseguiu expressar todo o sonho e a simplicidade de Kate, sem deixar de lado o glamour de uma futura princesa.

Beijos!! Fui!!

Moda, Variedades

ESTUDANDO MODA

agosto 03, 2014 Por Camile Arndt

Oiiii pessoas!!!

Minha sobrinha tem 9 anos e está estudando no quarto ano, o equivalente ai no Brasil!
E pasmem, ela já está estudando moda. Olha só o exercício que ela fez, mostrando a história da moda ao longo das décadas!
Aqui o estudo é mais multidisciplinar, com os mais variados assuntos e que serão realmente usados no futuro!
Tudo de bom né?

o-vestido-da-rainha-historia-da-moda

Beijos!!! Fuiii!!!

Moda

VISÃO SOBRE A MODA – VLADIMIR KOSCINA

julho 31, 2014 Por Camile Arndt

Oiiii pessoas!!!!!

Hoje quero dividir com vocês um artigo de um amigo meu – Vladimir Koscina –  sobre a visão que ele tem da moda em Londres. Achei muito interessante, justamente porque é uma visão diferente da minha:

Aqui em Londres cada um se veste de qualquer jeito. Será mesmo?

Esta frase é muito comum e você ira ouvir de muita gente que já visitou Londres. E porque isso chama tanto a atenção, principalmente dos brasileiros? E será que e realmente isso que acontece?

Neste post irei esclarecer este assunto e você irá começar a observar que nem sempre a impressão  visual que temos esta de acordo com a realidade.

Antes que algum especialista da moda me faça comentários sobre o que irei escrever aqui quero deixar claro que não sou um expert no assunto e nem sou um fanático da moda.  Porém, gosto de me vestir com roupas que combinam com a ocasião e principalmente tem a ver com meu jeito de ser e estilo de vida.  Como eu observo vários aspectos da vida nesta cidade eu não poderia deixar de notar nas ruas a maneira como se as pessoas se vestem. E me tornei muito preciso em detectar a nacionalidade das pessoas pela maneira de se vestirem. Consigo reconhecer  brasileiros, italianos, franceses, russos, poloneses, alemães e ingleses de longe. Acho que o mais fácil para mim ainda são os brasileiros e já direi o por que.

Então vamos tentar entender  porque os brasileiros acham que cada um se veste de qualquer jeito?

Em primeiro lugar. A referencia que todo brasileiro tem e de seu pais. Da maneira como se vestem na  sua região ,cidade e ate bairro. Quanto menor for a cidade, certamente  menor sera a diversidade na maneira de se vestir e de se expressar. Se eu tomar como exemplo Porto Alegre, usando uma generalização para poder explicar o fenômeno, diria que existem dois grupos predominantes na cidade. Aqueles que são os chamados mauricinhos, vestidos da cabeça aos pês com suas  roupas de grife e os alternativos, com um estilo mais  despojado e criativo. Existem aqueles que oscilam entre os dois de acordo com a ocasião, mas isso já faz parte de outro tema. O que eu quero mostrar que e fácil distinguir pela maneira de se vestir quais o  locais de diversão que o primeiro  e o segundo grupo frequentam, quais as carreiras mais comuns entre eles,  em que lojas compram, onde comem e que valores em geral eles possuem. Volto a destacar que  estamos generalizando com o proposito de mostrar a grande diferença que temos aqui em Londres.

Observe agora que em muitos lugares do Brasil a mesma coisa acontece em proporções menores ou maiores. Porem, se formos considerar o Brasil como um todo, e pela experiencia que tive conhecendo praticamente todas as capitais, posso assegurar que existe uma moda quase que generalizada no Brasil e seja em  São Paulo, Curitiba , Brasilia ou Porto Alegre haverá um padrão muito semelhante na maneira de vestir das classes altas, medias e baixas e dentro de diferentes estilos de vida (pessoas mais ligadas ao esporte, ao cinema, a publicidade, as finanças, etc.).

Quando os brasileiros chegam em Londres e logo que entram no metro pela primeira vez se deparam com a enorme diversidade de estilos eles logo concluem: acho que aqui cada um veste o que quer. Ninguém nem me olha e nem olha o vizinho. O que e mais interessante notar e que muitos que ja vivem aqui ha muito tempo continuam a pensar que cada um anda como quer. E ainda dizem que os ingleses se vestem de qualquer jeito.  Isso e falta de observação ou ate de interesse em entender este fenômeno . Posso dizer que esta  afirmação esta parcialmente certa, não totalmente . Qual o equivoco nela?  ninguém se incomoda com o que você veste, isso  e um fato já que você  não sente a pressão social que se sente no Brasil ,onde  e preciso  estar sempre lindo e maravilhoso ate para ir  a um simples shopping center ou um restaurante, senão corre o risco de ser mal atendido. Não, isso aqui simplesmente não existe, salvo em casos como tentar entrar de tênis em clubes privados e certas casas noturnas, onde  e certo que sera barrado, pois neste caso estas casas tem código de vestimenta. Contudo, as pessoas seguem sim uma moda, mas nem sempre tao polarizada. Mas ela é visível e bem forte.

Vejamos então, qual a população de Londres? Cerca de 9 milhões. Deste população toda, quantos países estão representados aqui? mais de 200. Dessa população toda, quantos são turistas? milhares. Quantos são realmente ingleses? dizem que 40% apenas são ingleses e isso já diz muito. Quando você esta na rua e começa a notar os grupos de pessoas que passam, ira ver que muitos são turistas de centenas de países e cada um com seu estilo próprio,  muitos são locais, porem de origem de  outros países, muitos são ingleses do interior e muitos são ingleses de Londres. São tantas as diferenças que e impossível existir apenas algumas maneiras  de se vestir. Ao contrario, e tanta diversidade e riqueza de culturas que  esta mistura acaba confundindo a percepção das pessoas e elas esquecem que neste emaranhado todo muitos grupos e culturas estão sendo representadas, e com sua própria moda.

Ha cada nova estação a fácil identificar como os ingleses em geral irão se vestir, mesmo que a moda seja usar calca justa, haverá dezenas de  variações de cores, se a moda for sapato de cano longo, haverá todos os modelos possíveis e ,se for usar cachecol, este poderá  ter desde as cores básicas e tons de cinza ate as chamativas, como rosa pink e verde fosforescente.

Não há dúvidas de que a maneira de se vestir aqui e muito mais rica do que no Brasil. Homens e mulheres, independente da idade e classe social arriscam mais. Misturam muito mais , usam mais acessórios como lenços e chapéus,  e mesmo que as vezes a combinação não seja a ideal, eles não tem medo de ousar e nem de serem criticados .Percebo que na cultura inglesa existem dois grupos : os dos que querem buscar a diferenciação a todo custo, usando  as roupas mais ecentricas e exóticas possíveis e os que usam roupas de qualidade, mas sempre  buscando se igualar ao seu grupo,  passando desapercebido (observe as roupas sempre nos mesmos tons que  vestem os executivos da City e Canary Wharf ).

Essa enorme variedade de culturas vivendo juntas e as particularidades de cada uma e que dão esta falsa impressão de que não existe uma moda em Londres e que cada um usa o que quer. O que ocorre, na realidade ,e que  cada grupo cultural, cada camada social tem seu estilo de vestir , e estes se comunicam através dela, e digamos ate, se fazem aceitar ou não através destes códigos. Essa explosão e riqueza de estilos que vemos em Londres e quase incomparável.

Quando falei que os brasileiros eram fáceis de serem reconhecidos e porque desde que eu vivo aqui, já ha mais de cinco anos, sempre notei que homens e mulheres ainda usam calca jeans com  tênis Nike Shock. Não sei porque adotam esse estilo, mas creio que porque usar tênis Nike no Brasil e ainda algo caro, e pela facilidade que é aqui comprar artigos esportivos de marca , eles acabam aproveitando para satisfazer essa necessidade ou ate carência . Você não ira ver muitos ingleses, franceses, ou italianos  usando tênis Nike a não ser para pratica esportiva. Eles também  usam tênis Nike, mas modelos mais fashion ou outros marcas locais.  As calças, por exemplo,  este ano estão vindo todas Skinny (super apertada) e posso dizer que quase todos estão usando. Não existe tanta resistência para mudar radicalmente de estilo de vestir. No Brasil, as pessoas são muito mais conservadoras para mudarem seus hábitos. Me refiro a uma maioria. Tenho visto muitos executivos aqui  que passam toda semana de terno e gravata e fim de semana colocam sua calca skinny verde ou vermelha dobrada ate a canela ( moda dos anos 50) .

Para sua curiosidade, não temos prestação aqui para comprar roupas. A cada ano eu jogo fora todas as minhas roupas (na verdade eu faco doação para países da Africa) e compro tudo novo . Se você pensa que sou rico, eu explico que aqui a roupa e algo muito acessível. Mas muito mesmo. Nem tente achar paralelo de comparação com o Brasil que e surreal. O preço que vocês pagam por vestuário e para rico. Pagar  mais de 300 reais (90 libras) por um jeans que e quase metade de um salario mínimo no Brasil e inconcebível para nos. Se  uma calca jeans aqui custasse a metade do nosso salario minimo e alguém comprasse seria considerado doente ou muito rico mesmo. Não e comum aqui alguém comprometer seus ganhos comprando roupas. Ate deve existir alguns doidos que façam isso, mas e a exceção. Acho que a maior diferença que se faz notar na nossa vida aqui e a ausência dessa pressão social pela moda. Como expliquei acima, as pessoas se vestem de acordo com seu estilo e muitos pelo seu grupo, mas você encontrara muitas e muitas vezes estes grupos se misturando e sendo vistos nos mesmos locais.  Não e incomum você ver alguém de roupa de ginastica sentado num pub da city onde a maioria esta predominante mente vestida de terno e gravata e ninguém sequer nota sua presença. Poderia citar inúmeras situações que eu já presenciei dessas diferenças de estilo de pessoas frequentando os mesmos locais e isso e simplesmente incrível e assim deveria ser, pois esta fusão  gera uma grande riqueza cultural e creio que esta ai um dos fatores que permite que floresça tanta criatividade num só lugar.

Espero que você tenha compreendido melhor porque muitos se apressam em já afirmar que cada um anda como quer em Londres. Se fosse assim, Londres não seria uma das capitais mundiais da moda e onde muitos designers se inspirariam apenas observando as pessoas passeando nas ruas.

(http://viverlondres.blogspot.co.uk/2012/10/aqui-em-londres-cada-um-se-veste-de.html)

Gostaram???? Beijos!!! Fuiii!!!!

Moda

INSTITUTO MARANGONI

julho 30, 2014 Por Camile Arndt

Oiii Pessoas!!!

Hoje fui visitar o INSTITUTO MARANGONI, uma das mais reconhecidas e respeitadas escolas de moda do mundo.

Como pretendo fazer um mestrado ano que vem, estou analisando as escolas e os cursos e hoje foi a vez do Marangoni.

E a primeira surpresa que tive é que a escola fica no número 30 da Fashion Street, muito show né? Não existe rua mais perfeita para eles estarem. 🙂

 o-vestido-da-rainha-instituto-marangoni

o-vestido-da-rainha-instituto-marangoni1

o-vestido-da-rainha-instituto-marangoni2

Um curso que me interessou bastante é um curso curto – Mídia Sociais na Moda (tradução ao pé da letra), que aconteceu em janeiro aqui em Londres e ainda não tem o próximo planejado. Espero que tenha logo, porque pela descrição, esse curso é fantástico!

Que sonho poder estudar aqui! Mas hoje consigo perceber que meus sonhos estão muito próximos de se realizarem! Demais não? E quero compartilhar tudo aqui com vocês, sempre com o maior carinho!

Beijos!!! Fui!!!

Moda

FAST FASHION: BERSHKA

julho 29, 2014 Por Camile Arndt

Oiii pessoas!!!

Como vocês sabem, estou morando aqui em Londres desde dezembro de 2013, e não tive a oportunidade de conhecer todas as lojas cool que tem pela cidade.

Nesse final de semana, consegui um tempinho de ir no shopping e pela primeira vez entrei na BERSHKA.

A marca faz parte do grupo Inditex, da qual pertence a Zara. E me surpreendi muito com o que vi. Loja super descolada, no estilo rock anos 80, muitas camisetas lindas e divertidas, blazers coloridos, jaquetas de couro e muito mais.

o-vestido-da-rainha-bershka o-vestido-da-rainha-bershka1 o-vestido-da-rainha-bershka2

E o melhor de tudo, o preço camarada! Xonei num blazer laranjado e custava apenas 25 rainhas!

Não to podendo gastar muito, mas quando tiver precisando de umas roupinhas novas, com certeza a Bershka é destino certo!

Beijosss!!! Fuii!!

Moda

CONAMODA – CONGRESSO DE MODA ONLINE

julho 25, 2014 Por Camile Arndt

Oiii pessoas!!!

Adoro esse mundo globalizado! Está acontecendo essa semana o CONAMODA, primeiro congresso de moda online (e gratuito!!!!).

E está sendo maravilhoso! Não estou conseguindo assistir a todas as palestras, mas as que eu assisti foram super profissionais e de grande aprendizado.

Pra ti, que está estudando moda, pretende estudar ou é apaixonada pelo tema, vale muito a pena! E ainda vão ter muitas palestras! Corre lá que hoje ainda tem!

o-vestido-da-rainha-conamoda

Beijosss!!! Fui!!!

Moda

QUIMONO NÉ?

julho 23, 2014 Por Camile Arndt

Oii pessoas!!!

Estou com uma dúvida atrás da orelha por esses dias. Em qualquer loja que entro, tem várias opções de quimonos. De todos as cores, com franjas, lisos e estampados. Lindíssimos!!!

 o-vestido-da-rainha-quimono1

Massssss… eu não vejo essas peças na rua, e olha que o verão está fervendo por aqui.

SONY DSC

Será que as Londrinas não gostaram desse estilo? Ou será que daqui a algumas semanas vai ser um boom de quimonos por todos os lados?

o-vestido-da-rainha-quimono

Vou ficar de olho e conto para vocês!!

Beijoss!! Fui!!

Camile pelo Mundo, Dicas de Londres, Moda, Turismo

SELFRIDGES!

julho 20, 2014 Por Camile Arndt

Oiiii!!
Mais uma coisa que me encanta diariamente nessa cidade linda – as vitrines!!!


É quase um cenário de teatro, tudo lindo, cuidadosamente pensado para atrair os olhares consumistes dos turistas e moradores!
A SELFRIDGES, essa loja fantástica de departamentos que vou falar dela mais pra frente, fez uma vitrine dos sonhos (gulosos)!

o-vestido-da-rainha-selfridges

Olha que incrível, somente para comemorar os 25 anos do sorvete Magnum!!!

 

o-vestido-da-rainha-selfridges1

1 11 12 13 14
Translate »